Conjunto de 2 livros: "A Viagem Seguinte" e "Lava de Espera"

Parceiro: Companhia das Ilhas
Modelo: Conjunto de 2 livros: "A Viagem ...
Disponibilidade: Em Stock
PVP usual:
17,00€
Preço-base Naturlink:
14,90€
Preço Clube Naturlink:
14,55€
o seu preço: 14,90€
Qt.:
 

Características:

Conjunto promocional de dois belos livros sobre Ilhas, Mar e Viagens de autoria de Cristina Brito e Fátima Maldonado, editados pela Companhia das Ilhas.


"A Viagem Seguinte"

«A cidade respirava vida e boa disposição na aparente calmaria de uma cosmopolita capital que se erguia devagar. Pelas ruas, as pessoas riam e brigavam na mesma medida, e o silêncio e a gritaria sobrepunham-se a compasso certo. Eram as vozes familiares de todos os antepassados que já tivemos.
Uma a uma, saíam do alguidar e das mãos do seu protector, que as acariciava com o olhar, trinta tartarugas de couro, miniaturas de gigantes futuros. Pretas, lindas, ansiosas, cheias de esperança. Esperança de décadas longas à sua frente. E sem esperar, e sem ninguém dizer, caminhavam para o mar deixando fugazes pegadas na areia.»
Cristina Brito neste seu livro navega pelo mar, “o princípio de tudo” com diversas escalas pela África insular de São Tomé e Príncipe e Cabo Verde, em tempos e circunstâncias diversas, desenhando um gráfico descontínuo de emoções e pensamentos telúricos (por certo uma bióloga agarra-se à matéria que a envolve), frequentemente poéticos, pois que “a sua ligação visceral ao mundo verde, ao mar azul e ao soco insuportável de calor húmido e animal” proporciona-lhe o ambiente adequado à singular e original forma como se exprime.
Enquanto a Cristina, entre Lisboa e São Tomé, sentada “numa esplanada a olhar o rio”, terminou este livro e se “prepara para a viagem seguinte”, também nós, nas margens do Tejo, ouvimos “as vozes familiares de todos os antepassados que já tivemos”.

Autora: Cristina Brito; Ano 2014; 1ª Edição; Tipo de capa: mole; Número de páginas: 56; Dimensões: 14cm x 22 cm; Idioma: Português.


"Lava de Espera"

«O picaroto não tem saída, de um lado a terra maluca que sem mais nem menos se amotina, convulsiona, escouceia, mula manhosa de pernas para o ar mostrando o reverso, a barriga moída onde o pelo sucumbe ao tormento da cilha; do outro o mar, mar atlântico, traiçoeiro, cheio de humores e frio. De Inverno ataca, a ponto de destruir bocados de costa e obstina-se na vila a escarvar nas portas.»
Este livro de Fátima Maldonado oferece-nos a imagem de uma ilha em que a Criação se deixou repousar, interrompida e em aberto - Ilha do Pico. Por um lado, olha-se o passado cristalizado na memória dos que viveram a caça à baleia ou na devoção dos que, regressados entretanto à sua terra, sentem a necessidade de repetir os mesmos rituais ano após ano; talvez de modo quase mágico, para manterem sinais reconhecíveis num presente que inevitavelmente se transforma.
Por outro lado, o futuro da ilha ultrapassa essa ameaça de perigo que a destruição do passado e o avanço do progresso sempre implicam em maior ou menor grau. Como nos indicia o próprio título do livro, trata-se de uma ilha feita de espera, em que um portal em ruínas pode significar, para Fátima Maldonado, “início, conhecimento ou pacto”. Aliás, o mais belo símbolo do Pico, neste livro, é justamente essa espécie de crisálida encontrada por uma criança e encerrando em si todas as possibilidades do mundo: “Ao descermos, a criança descobriu por baixo de uma vela rota, que alguém atirara sobre os degraus, esquisita borboleta. Talvez fizesse parte de qualquer mutação, enfaixada depois nas sedas da crisálida transformar-se-ia. Em quê não sei, mas ela havia de encontrar-se.

Autora: Fátima Maldonado; Ano 2014; 2ª Edição; Tipo de capa: mole; Número de páginas: 56; Dimensões: 14cm x 22 cm; Idioma: Português.


Tempo médio de envio: 7 dias

Fazer um comentário

O seu Nome:


O seu Comentário: Obs: Não há suporte para o uso de tags HTML.

Avaliação: Mau           Bom

Escreva o código da imagem: